Acesse Nossas Redes Sociais

Renault

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

Atualizado

em

A primeira geração do Renault Captur brasileiro foi revelada em novembro de 2016, durante o Salão do Automóvel, e logo depois lançada no mercado nacional em março de 2017.

Apesar de ser classificado como um SUV compacto, ao lado do Duster, o Captur foi concebido para ocupar um espaço mais premium na linha da Renault, rivalizando com os modelos mais sofisticados e caros do segmento. Enquanto isso, o Duster, um veterano, permanece na categoria dos modelos mais acessíveis. Essa estratégia reposicionou a Renault no mercado automotivo brasileiro. Confira a avaliação completa que realizamos sobre o Renault Captur!

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

Avaliação do Captur

Design

O Renault Captur disponível no mercado brasileiro é baseado na versão russa do SUV, conhecida como Kaptur, que utiliza uma plataforma distinta do Captur original lançado na Europa em 2013, construído sobre a base do Clio de quarta geração.

Como resultado, o Captur brasileiro é maior que sua contraparte europeia, apresentando diferenças principalmente no para-choque dianteiro. No entanto, os demais elementos de design permanecem praticamente idênticos, com algumas variações de proporção em certos componentes.

Na frente, o Captur exibe faróis trapezoidais com detalhes cromados e máscara negra, equipados com projetores para luz baixa, e conectados pela grade central, que se divide com o para-choque por meio de um friso decorativo.

O para-choque do Captur possui segmentos de LED em formato de C nas extremidades, incorporando luzes diurnas e de posição, juntamente com uma porção inferior em preto fosco.

Na lateral, o Captur exibe um perfil que lembra um monovolume, devido ao ângulo suave entre o capô e o para-brisa. As caixas de roda são distintamente definidas, com linhas fluidas e a opção de teto em tonalidades diferentes da carroceria.

Lançamento:  Renault Kwid vale a pena comprar? É Bom de revenda? Manutenção é cara?

As lanternas traseiras são equipadas com luzes de posição em LED em todas as versões, e a ampla porta do compartimento de bagagens centraliza a placa de identificação.

É fundamental realizar uma consulta abrangente antes de finalizar a negociação, visando evitar a aquisição de um veículo com histórico de acidentes ou pendências como débitos, multas ou restrições.

O facelift trouxe algumas melhorias significativas para as versões mais avançadas do Captur. Entre as novidades, destacam-se os faróis Full LED, a central multimídia com espelhamento para smartphones, o sistema MultiView de estacionamento com quatro câmeras em 360 graus, monitoramento de pontos cegos e, por fim, a partida remota na chave.

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

Interior

No interior, a cabine do Captur segue o mesmo padrão de acabamento do Duster, com a predominância de plásticos rígidos na maior parte das superfícies. A presença de porções macias ao toque é limitada às áreas de contato dos braços nas portas, que podem ser revestidas com tecido ou couro, dependendo da versão.

O painel de instrumentos combina elementos analógicos e digitais, enquanto o volante é multifuncional. Detalhes em preto brilhante e cromado estão distribuídos pela cabine, e os bancos podem ser revestidos em tecido, couro preto ou em uma combinação de preto com creme, de acordo com a versão escolhida.

O modelo facelift recebeu atualizações significativas para aprimorar o ambiente interno. Além do novo volante da marca, foram adicionados enxertos macios ao toque em toda a parte superior do painel principal, juntamente com acabamentos prateados que imitam alumínio e novos recursos de comodidade para todos os ocupantes.

Apesar dessas melhorias, algumas soluções antigas permanecem inalteradas, como o cluster de instrumentos subutilizado e os controles de ar-condicionado que são os mesmos utilizados no finado Sandero.

Lançamento:  Renault Sandero vale a pena comprar? É Bom de revenda? Manutenção é cara?

Mecânica

O Renault Captur brasileiro é construído sobre a plataforma B0, a mesma utilizada em modelos como o Duster e a Oroch. No Brasil, o Captur está disponível com três opções de motorização e três de transmissão.

Os modelos pré-facelift oferecem motores 1.6 e 2.0, ambos naturalmente aspirados, de quatro cilindros e flex. O motor 1.6 produz até 120 cv e 16,2 kgfm de torque, enquanto o 2.0 oferece até 148 cv e 20,9 kgfm de torque.

O motor 1.6 pode ser combinado com uma transmissão manual de cinco marchas ou uma automática do tipo CVT, enquanto o 2.0 é exclusivamente associado a uma transmissão automática convencional de quatro marchas.

O Captur facelift, fabricado a partir do ano/modelo 2022, vem equipado exclusivamente com um motor 1.3 turbo flex de quatro cilindros, capaz de gerar até 170 cv e 27,5 kgfm de torque, combinado com o câmbio automático CVT.

Em todas as configurações, os freios são a disco apenas na dianteira, enquanto a suspensão traseira é por eixo de torção.

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

É Bom?

Embora o Renault Captur ofereça um design atrativo, espaço interior e potência com seu motor 1.3 turbo, sua iminente descontinuação devido a um novo projeto é um fator importante a considerar. A Renault planeja lançar um SUV derivado do Sandero europeu, o que sinaliza uma mudança na estratégia da empresa para investir em modelos mais luxuosos e eletrificados, visando uma margem de lucro maior.

Essa perspectiva de descontinuação pode impactar a decisão de compra de um Captur novo. Portanto, é importante considerar esses aspectos ao avaliar se o Captur é uma boa opção para adquirir como zero quilômetro.

Consumo do Renault Captur

O Renault Captur, que é flex, apresenta médias de consumo em torno de 7,7 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com etanol, enquanto alcança aproximadamente 10,9 km/l na cidade e 11,6 km/l na estrada com gasolina. Esses valores são importantes considerações para os motoristas em relação aos custos operacionais do veículo.

Lançamento:  Novo Renault Duster - Itens de Série, Preço, Fotos

Problemas do Captur

Os proprietários do Renault Captur têm relatado uma série de problemas e defeitos, conforme discutido em diversas plataformas online:

Últimos Lançamentos de Carros

Qual foi o melhor lançamento de carro dos últimos anos? Deixe sua opinião nos comentários.
INSCREVA-SE:
  • Suspensão e Problemas Mecânicos:
    • Ruídos na suspensão dianteira em um Captur 1.6 CVT 2019 com baixa quilometragem.
    • Falhas no motor, trepidação no volante e problemas na multimídia em um Captur 1.6 CVT 2018 com apenas 7.000 km.
    • Defeitos de fábrica, incluindo falhas nos freios, trepidação no pedal de freio, entre outros, em um Captur 1.6 CVT 2018 com 4.000 km.
  • Pane Elétrica:
    • Relatos de falhas elétricas, incluindo problemas com o ABS, controles de tração, luzes de advertência no painel, entre outros.
  • Ruídos e Acabamento:
    • Ruídos diversos no interior, como peças soltas, falhas no acabamento das portas e problemas com os bancos.
    • Problemas com o ar-condicionado, luzes diurnas de LED e desgaste precoce de carpetes para-barro.
  • Outros Problemas:
    • Relatos de câmbio travado, pane na aceleração eletrônica, e até mesmo acidentes causados por defeitos no veículo.
    • Consumo elevado de combustível, especialmente com o motor 1.6 CVT, e falta de desempenho adequado, especialmente em subidas e retomadas.

Embora alguns proprietários elogiem o estilo do carro, o espaço interno e o porta-malas generoso, os problemas relatados são numerosos e variados, incluindo a falta de itens prometidos em unidades destinadas a clientes PCD. Em suma, o Renault Captur, apesar de suas qualidades, requer uma análise cuidadosa antes da compra.

Renault Captur Fotos

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024 Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

Renault Captur Interior

Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024 Renault Captur: É Bom? Avaliação, Consumo e Problemas 2024

Compartilhar:

Roberto Seixas, também conhecido como Roberto Carros, é entusiasta do setor automotivo desde pequeno, onde começou uma incrível coleção de miniaturas. Natural de São Paulo/SP, é formado em jornalismo na Universidade Nove de Julho e é um dos principais redatores do Carros Lançamentos. Um dos Hobbies favoritos é colecionar revistas de carros e ir em encontros, seja de carros antigos, novos ou motos. Não perde um Salão do Automóvel, Formula 1, Stock Car, Moto GP e qualquer outra competição de veículos automotores. Está sempre antenado para trazer as novidades em primeira mão com riqueza de detalhes para todos brasileiros apaixonados por carros e motos.

Clique para comentar

Deixe um comentário Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo

Novidades

Categorias

Páginas

Em Destaque

Carros Lançamentos é gerido por Miidia Serviços de Publicidade Web EIRELI – CNPJ 14.444.032/0001-90 - Dicas e novidades sobre veículos feito por redatores especializados no setor automotivo.